O Livro

O Livro

Apresentação do Livro CHICORONHO

Apresentação do Livro CHICORONHO
FNAC Almada - 17/04/2010

Apresentação do Livro CHICORONHO

Apresentação do Livro CHICORONHO
FNAC Algarve - 24/01/2010

Vídeos da apresentação do livro CHICORONHO

Loading...

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Constatar e não Julgar!

Quando estudamos a história de Angola devemos ter a serenidade de aceitar os factos.


O que aconteceu no tempo colonial, tem de ser analisado e contextualizado há época.

Quando se fala da descriminação, dos privilégios dos colonos da triste história dos contratados, temos de encarar tudo isto – colonos e colonizados, brancos e negros - não numa perspectiva de julgamento com base numa visão moderna porque isso é distorcer a própria história. Devemos apenas constatar os factos históricos. Por muito que custe a uns e outros, relatar, descrever a realidade do passado histórico de Angola, não é exorcizar fantasmas, mas sim evitar que eles nunca mais regressem.

Branquear a história é ocultar a verdade e isso é perigoso, porque impossibilita à humanidade de evitar erros do passado. O mundo está repleto de exemplos desses.



«Julgar o passado pelos seus aspectos negativos e encarando


prismas de acção modernos, traduz um falso pressuposto, porque nem

o passado deixa de ser motivo de reflexão, nem o presente consegue es-

conder a força histórica que agigantou um povo» *)



*) – Prof. Joaquim Veríssimo Serrão, História de Portugal, I vol.

1977, pág. 16.

Sem comentários:

Enviar um comentário